Review: Violentina

Violentina é sobre isso: reúna seus amigos e passe um bom tempo se divertindo enquanto criam uma história. Mais do que os tradicionais RPGs, em Violentina cada jogador tem um grande poder de mudar a história. Isso porque não há um Mestre ou Narrador: todos são “Mestres” revezando em turnos. Essa é a idéia mais forte em Violentina, e a que mais me impressionou.

Eu já fui de planejar cada detalhe de minhas sessões de RPG quando Mestrava ou Narrava, mas com o tempo fui adquirindo uma flexibilidade e manha que me permitiram criar histórias com mais improviso, junto aos jogadores. Violentina coloca essa manha no centro do jogo. Também não há uma preparação prévia para o jogo: tudo é criado na hora, colaborativamente e com a ajuda das regras do jogo. Continue lendo “Review: Violentina”

Apps de smartphone para RPG

Sempre fui muito fã de RPGs, tanto os eletrônicos como os tradicionais, de mesa. Principalmente os de mesa: é muito bacana se reunir com os amigos, ter uma boa conversa e se divertir por horas a fio! Juntávamos lápis, papel, livros e alguns dados e já estávamos prontos pra uma aventura que ocuparia boa parte dos nossos fins de semana.

Há algum tempo, porém, acabei por parar de jogar: faltava tempo e organização pra coincidir os horários de todo mundo. Haja jogo de cintura pra reunir uns cinco amigos por pelo menos umas cinco horas em meio a tantos compromissos! Há alguns meses, no entanto, conseguimos dar um jeito e estamos jogando Dungeons & Dragons em intervalos regulares. Voltei até a mestrar!

E uma diferença interessante que pude notar nessas novas sessões de RPG é que todos, do Mestre aos Jogadores, possuem smartphones em seus bolsos. Lembro que, quando mais jovem, sempre quis ter um notebook leve e prático pra organizar as fichas, livros e material da campanha. Os smartphones caíram como uma luva! Continue lendo “Apps de smartphone para RPG”